quinta-feira, 23 de junho de 2016

(Resenha) Ligeiramente Casados - Mary Balogh

Sinopse: À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse "Custe o que custar!". Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.

Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.

Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.

Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...


Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São três irmãos e três irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo e seduzem a cada página. 


Resenha:  Primeiramente, amei a capa...  
è uma história serena e relaxante, sem muitos dramas e tensões. Aidam e Eve sãoduas pessoas eue não pensam em se apaixonar, talvez arrumar um companheiro sim, mas não se apaixonar.
Ele é um coronel do exercito acostuma a batalhas e a lidar com as piores situações, que se vê preso a uma promessa feita no leito de Morte de um de seus subordinados. Dar a notícia de sua morte pessoal mente a sua irmã e protege-la "custe o que custar".
Eve toma conta do Solar de Ringwood desde o falecimento de seu pai a quase um ano, mas isso será provisório pois após um ano o solar  passaria par seu irmão, e com o falecimento deste, osolar passará para seu inescrupuloso primo Cecil Morris, a unica coisa que poderia impedir isso seria se Eve se casasse, só que só faltava uma semana par que o prazo se esgotasse. 
Então é ai que entra o Coronel Aidam, quado vai dar a notícia da morte de Percy a Eve, descobre que ela está preste a ser despejada do solar, já que Cecil diz que não a quer por perto quando for assumir a residencia. Para saldar sua dívida e ajudar Eve ele propõe um casamento de conveniência, onde eles se casariam e depois cada um iria viver sua vida. Ele com a sua consciência tranquila por ter cumprido sua promessa e ela com seu solar sem que ninguém mais possa ameaça-la. 
Mas só que isso não seria tão fácil assim, com os acontecimentos que vão se desenrolando eles não conseguem se afastar tão facilmente e acabam se envolvendo cada vez mais. São dois personagens frios, sem muitas expectativas, mas quando o amor brota no coração deles...(suspiros...). 
Encantada com esse romance, com certeza vou ler os outros da série.





Este quarto volume da série será lançado dia 06 de maio de 2016.


Saiba mais sobre a autora aqui.