sexta-feira, 22 de abril de 2016

(Resenha) Super Desapegada - Jaqueline de Marco


Sinopse:Raquel faz o maior sucesso na internet. Seu blog “Super Desapegada” motiva mulheres a se valorizarem e prega a autoestima sem a presença constante e essencial de um companheiro. Mas fora da web, Raquel não é tão descolada assim... Ela sempre teve um amor platônico por seu melhor amigo de infância, Alan. Mas no aniversário de 30 anos de Raquel, ela descobre que ele está noivo de Bianca, a irmã caçula de seu rival nos tempos de escola, Eric. Para conseguir acabar com o casamento, e conquistar de vez seu grande amor, Raquel precisa se aliar ao sarcástico Eric. Mas logo ela começa a perceber que a união pode render muito mais do que ela imaginava e a aprender que para praticar o tão estimado “desapego” é preciso abrir seu coração para novas experiências... e quem sabe para um novo amor.
Fonte: Skoob

Resenha: Quem alguma vez na vida se viu apaixonada por um vizinho, primo, irmão mais velho de sua melhor amiga e não era correspondida? Quem já fez planos mirabolantes para conquistar o carinha por quem estava apaixonada? 
Se você respondeu sim a pelo menos uma dessas questões vai se identificar com essa história. Raquel é uma blogueira que dá dicas de relacionamentos para suas leitoras e  também trabalha em uma agência de publicidade, sempre foi apaixonada por seu vizinho dos tempos de infância Alan. Ela resolve se declarar  no dia do seu aniversário, só que ele chega na festa acompanhado por sua noiva Bianca, irmã mais nova de Eric seu inimigo de infância. Sendo que Eric também não está nada satisfeito com o casamento da irmã. Então ela faz uma proposta a Eric, para juntos tentarem acabar com o casamento. 
Só que entre seu atrito com sua própria consciência duvidando se está mesmo fazendo a coisa certa e começar a ver que talvez não ame verdadeiramente o Alan, ela começa a conhecer realmente o Eric e ver que ele não é tão babaca como ela achava que ele era, muito pelo contrário...
Um texto leve e despojado, uma história muito legal sem grandes dramas existenciais, com um toque de humor, enquanto você se diverte vai fazendo uma viagem ao seu próprio passado, lembrando das brincadeiras de criança, dos amores não correspondidos, dos amigos inseparáveis... Faz você ver que às vezes você se apega  a situações por comodidade, por medo de mudar e o desconhecido. Mas se você se desapegar pode ter surpresas muito boas pela frente. Um livro que vale muito a pena ler pela história e por fazer você pensar sobre os assuntos abordados.
Virei fã da autora, depois vou conferir os outros livros dela...

Palavra chave do sorteio: USAM