quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Resenha: Até que a vida nos Separe - Nahra Mestre



Mais uma vez, a Nahra me prendeu em um livro de uma forma que foi impossível de largar, li em apenas três dias, isso por que foi na época da passagem de ano, comecei a ler em 2016 e terminei em 2017, a primeira leitura deste ano, me senti totalmente envolvida na história, e quando terminou, fiquei orfã, queria minhas amigas de volta, queria continuar acompanhando suas histórias...
O livro conta a história de cinco amigas de infância que colocaram em um baú suas metas, desejos, sonhos, o que queriam para o seus futuros, e quinze anos depois, se reúnem para abrir o baú e descobrir o que tinha dentro.
Elas estavam um pouco afastadas, e no reencontro, além dos questionamentos que a abertura do baú acarreta, elas tem que lidar com algo muito maior, algo que poderá mudar o futuro de todas...
Eu não achava que ia encontrar neste livro personagens que englobavam com tanta perfeição o universo feminino, com suas dúvidas, problemas, alegrias, tristezas, realizações...Em cada personagem, em cada cena, eu me encontrei, encontrei minha irmã, minha mãe, minhas amigas e também minha filha. Com muita sensibilidade foram desenvolvidos temas muito comuns no universo feminino como violência contra a mulher, traições, dúvidas com relação a profissão, filhos, enteados, relação do casal...etc. São tantos temas abordados que não tem como não se identificar em algum momento ou em vários momentos.
São cinco mulheres cada uma com sua vida, que pensavam que estavam bem, mas que com abertura do baú decobriram que não estavam completas que faltava em suas vidas parte essenciais (amor, profissão, prazer, amizade...) para que fossem realmente feliz.
Laura era casada com um homem rico e bem sucedido que dava tudo que ela precisava materialmente, mas era um casamento de fachada, ela gostava do marido, mas não o desejava, se sentia frígida, faltava REALIZAÇÃO SEXUAL.
Juliana era casada com o amor de sua vida, tinha filhos, casa, dinheiro. Mas faltava algo muito importante, a REALIZAÇÃO PROFISSIONAL 
Bela era linda, tinha dinheiro, era bem sucedida, podia ter o homem que quisesse, mas faltava AMOR, ela não tinha o único homem que amou.
Ana era professora e amava o que fazia, vivia apenas para sua vida profissional, mas o resto de sua vida se resumia a nada, ficara parada no tempo a espera do grande AMOR de sua vida, que a havia trocado por outra.
Luana era casada com Cris em uma união de causar inveja, tinha um negócio bem sucedido, tinha tudo para ser feliz, tudo para estar completa, mas suas AMIGAS não estavam e por isso não conseguia se sentir completa.
Acompanhar a história destas amigas, os encontros e desencontros, os finais, os inícios, os recomeços, e principalmente o valor da verdadeira amizade, onde cada uma encontrou o papel a desempenhar na vida da outra, até que todas estivessem completas, foi maravilhoso, uma história que trouxe muito para minha vida, que me fez parar para pensar em alguns valores que as vezes passam despercebidos no nosso dia a dia.
Entre tantos personagens alguns se destacaram muito e ganharam um lugar no meu coração. Foram eles a Laura e a Bella. Que estiveram envolvidas em uma trama onde o egoísmo e o altruísmo andaram lado a lado, mas onde o perdão curou as feridas e a amizade superou tudo. E seus respectivos pares (quer se tornaram meus Crushs, ainda não decidi qual dos dois quero para mim, pode ser os dois Nahra?) o Alex e o Júlio, homens que superaram tudo para estarem ao lado de suas amadas, que souberam esperar, que cuidaram e protegeram, que deram espaço e estiveram presentes. 
Um livro que deveria ser lido por todas as mulheres.
Começar o ano lendo esse livro foi começar o ano com os dois pés direitos, e eu acho que ele vai estar na retrospectiva de 2017.

Sinopse: 

Cinco amigas.
Cinco mulheres .
Cinco destinos que convergem.
Encontros e desencontros em vinte anos de amizade.
Bella é uma prostituta de luxo bem sucedida.
Laura é uma socialite que se casou com um homem rico.
Luana é casada com Cristina e vive um casamento de sonhos.
Ana Maria é solteira, ama crianças e sua vida está dentro de uma escola.
Juliana é a esposa ideal, dona de casa exemplar e mãe de três filhos.
A abertura de um baú, que enterraram há quinze anos, pode mudar seus destinos.


Para adquirir o livro físico entre em contato com a autora site Nahra Mestre
E o ebook está disponível na Amazon