quinta-feira, 8 de junho de 2017

Especial: Família Dimitriades (A Fortaleza) - Shay Nuran


Sabe quando você vai passando sua timeline e de repente se apaixona por uma capa? Isso mesmo, quando vi a capa de A Fortaleza - Ala do Rei, fiquei apaixonada e logo fui atrás da sinopse e pensei tenho que ler esse livro agora, corri na Amazon, baixei e comecei a ler no mesmo instante. E que livro!

Ele conta a história da Família Dimitriades, uma família dona de um império na Grécia, Dominic o pai é ganancioso, arrogante e cruel, não mede esforços para defender sua fortuna, mesmo que isso cause a infelicidade dos filhos, ele não admite que nada saia do seu controle. Hebe a mãe é um doce de pessoa e faz tudo pelo bem estar da família. Ares o filho mais velho é doce, sexy e romântico, um verdadeiro príncipe e Magno o mais novo possui um magnetismo que encanta e conquista as mulheres, no inicio eu duvidei de sua índole, mas quando descobri seus motivos me encantei com ele. E por último Artemis, que chega para balançar as estruturas dessa família. Então vamos conhecer um pouco mais de cada um dos personagens?

Dominic: Um personagem que não tem medo de mostrar seu lado mais negro. Usa várias justificativas para encobrir suas atitudes egoístas, ele acredita que está fazendo o melhor para defender a família de situações que ele conhece bem. Acredita esta agindo por amor para defender os filhos, mesmo que essas ações sejam ilegais. Se sente injustiçado por não receber a herança do pai com quem matinha uma péssima relação. Não há duvidas de que ama os filhos, porém de uma forma errada. É controlador, manipulador e não tem fé nas pessoas, exercendo o seu trabalho político apenas para manter a ordem, sem se arriscar em tomar partido pelo povo como os filhos fazem.

Hebe: O equilíbrio da família Dimitriades. Hebe é o tipo de mulher madura que sempre tem a palavra certa a dizer. Suas palavras podem não agradar, porém sempre vai de acordo com suas convicções. Conhece os filhos e o marido como a palma de sua mão. Curiosa, arteira e muito observadora, Hebe é respeitada e amada pelos homens da casa e causa admiração em todos a sua volta, principalmente por não se deixar levar pelas artimanhas do marido. Como mãe é preocupada com o bem estar dos filhos e sempre encontra uma forma de opinar nas relações pessoais deles.

Ares: É um homem de bem com a vida, divertido e muito honesto. Vive guerra com seu pai por causa da herança que recebeu do avô e guarda mágoas dele por não ter atendido a um pedido do avô em seu leito de morte. Defende a família acima de tudo e junto com o irmão, Magno, tenta melhorar a política do país para o povo

Magno: É um personagem controverso, pelo menos nessa primeira fase. É um homem amargurado por não ter conseguido realizar-se emocionalmente e aprendeu a ser raso com as pessoas de fora de seu núcleo familiar. Apesar disso sempre quer ajudar o povo ateniense. Desenvolve projetos para contribuir com o desenvolvimento social do país, porém, eles nunca são aprovados. É muito amável com a família e com quem confia. No processo, ele aprende a ser mais maduro e deixar para trás os medos e conflitos pessoais.

Ártemis: Uma mulher simples, bondosa e batalhadora, vive mais para realizar sonhos de outras pessoas do que o seu próprio. Leva uma vida equilibrada até conhecer os Dimitriades, que a levam a finalmente reagir e pensar mais em si mesma do que nas outras pessoas. Ártemis começa a entender que é possível fazer suas próprias escolhas sem dever nada a outros.
  A Saga

"A família Dimitriades vive em meio a polêmicas e conflitos pessoais. Defendem muito um ao outro e tentam manter a privacidade de suas vidas longe dos holofotes. Guardam segredos e tentam evitar que esses venham a tona, porém aos poucos tudo vai sendo revelado por um inimigo astuto e que os conhece muito bem.

No primeiro livro temos a disputa por um amor. por mais que se negue a admitir, Magno se apaixona pela mulher do irmão e tenta denegrir a imagem dela a fim de convencer a ele mesmo que ela não é boa o suficiente, nem para ele e nem para o irmão, Ares. Com base em algumas informações do passado de Ártemis ele inicia uma batalha para desmascará-la. Porém, enquanto Magno foca no noivado do irmão, o inimigo oculto dos Dimitriades age e executa seus planos. Ártemis e Magno então são colocados nos braços um do outro e tem um desafio a frente, se unirem para manter a salvo o que suas famílias possuem. O que não é fácil, pois eles não conseguem se entender de forma alguma.

Nos livros seguintes vemos Ártemis e Magno mais maduros e pensando bem antes de agir e falar o que pensam. Sentimentos verdadeiros surgem entre eles e passam a descobrir a verdadeira face um do outro, começam a construir um relacionamento sólido e com perspectiva de futuro. Magno assume de vez o seu lugar na política ateniense e se torna alvo de Hades, o inimigo oculto que joga com a vida dos Dimitriades, mais uma vez a família estará sob ataque.

Acostumado com o luxo e com prazeres que só o dinheiro pode oferecer, Ares que está distante e em uma sociedade misteriosa, tenta se adaptar e sobreviver com recursos escassos. Como bom político que sempre foi, logo ganhou a simpatia e o respeito dos moradores da ilha em que vive. Sua influência vai além da população, se entendendo ao governante do lugar e garantindo a sua proteção contra os assassinos bárbaros do lugar. Lá Ares descobre a verdadeira origem de sua família e ao saber que seu irmão está em perigo decide de uma vez por todas voltar a Atenas o que é impossível já que ninguém sai com vida da ilha de Zatah.

No quinto livro a família Dimitriades tem o desafio de encontrar quem está tentando dizimá-los. E são colocados de frente com seus medos e segredos pessoais, sendo obrigados a revelarem uns aos outros seus pecados. Em meio a situação critica descobre que o inimigo é alguém de sua própria família." (Trecho fornecido pela autora)


Minha Opinião:

Não irei falar muito sobre a história, esse texto que a autora me passou  já faz você ter uma ideia do que esperar dessa história. No primeiro livro, A Fortaleza - Ala do rei,  Ares se apaixona pela doce e batalhadora Ártemis, mas sua família não aceita por acharem que ela só está interessada no dinheiro da família, Magno o irmão mais novo se empenha em destruir o relacionamento do irmão, enquanto isso Ares sofre ameaças a sua vida e acaba caindo em uma emboscada, e pede para o irmão salvar Ártemis, logo em seguida ele desaparece. Magno e Ártemis são forçados a ficarem juntos depois do desaparecimento de Ares, e terão que aprender a lidar um com o outro pelo bem da fortuna da família, e num misto de amor e ódio tentam sobreviver a tragédia que se abateu sobre eles,  esse livro tem muitos acontecimentos, reviravoltas, mistérios a serem descobertos que se eu contar irá tirar um pouco o encanto do leitor, eu recomendo que quem for ler não procure saber mais sobre a história, fuja dos spoilers, que não vai se arrepender.

A escrita da Shay Nuran é um primor, desde o desenrolar da trama sem pontas soltas, a construção dos personagens cada uma com sua personalidade e colocar isso tudo com o pano de fundo da Grécia e sua cultura e tradições, usando algumas palavras em grego para dar um charme aos diálogos, num trabalho de pesquisa incrível faz desse livro um livro completo. Com um toque de humor e sensualidade mergulhamos no dia a dia dessa família que aprendemos a odiar o Dominic, amar a Hebe e escolher entre os dois irmãos, mas tem que escolher mesmo? Posso torcer pelos dois? Eles merecem um final feliz pois cada um ao seu modo conquistaram o meu coração. Esse livro foi uma grande surpresa para mim, eu super recomento  Espero muito que sejam lançados todos em físicos, pois quero muito eles na minha estante.

A Fortaleza I - Ala do Rei

Magno Dimitriades via seu irmão e parceiro de noites se afastar cada vez mais, tudo por causa da dissimulada Ártemis Tarasios, que julgava ser uma golpista. Quando seu irmão decidiu enfrentar a família para morar com ela seu desprezo cresceu ainda mais, e agora faria de tudo para desmascará-la. Mas quando uma tragédia assola a sua família, Ártemis é posta sob seus cuidados, fazendo Magno entender por que seu irmão a escolhera como única.

Ártemis não imaginava a reviravolta que teria em sua vida, não queria o dinheiro Dimitriades, mas não poderia deixar que o ganancioso Dominic colocasse as mãos na fortuna que Ares tanto defendeu. Tinha aceitado morar na mansão por questões legais, mas a antiga fortaleza lhe causava arrepios e conviver com o desprezível Magno era um desafio. Ele a hostilizou no passado, mas, agora, vinha lhe tratando com delicadeza. Será que tinha mudado de ideia a seu respeito ou apenas queria que ela aceitasse seu pedido de casamento para recuperar a fortuna da família? Essa era a principal dúvida que assolava a vida de Ártemis, porém, só o tempo lhe mostraria a verdade.

Sob o céu da ensolarada Atenas, ela terá que ter muito jogo de cintura para provar o seu valor e lidar com a ganância e a injustiça dos homens Dimitriades.

Disponível na Amazon.

A Fortaleza II – Arca de Noé 

Abalados por uma perda irreparável, os Dimitriades precisam lidar com uma nova perspectiva. Porém, os inimigos não estão dispostos a lhes dar uma trégua para se reerguerem e, mais uma vez, estão na linha de fogo do seu algoz. A Fortaleza está sob ataque!

Armadilha para o Bispo
Na mente de Magno há apenas uma ideia muito clara: nem todos estão interessados na continuidade de sua família. Apesar de não ambicionar permanecer na política, ele é cada vez mais elogiado. Se tornando o foco do cenário político grego, vê sua carreira ir de vento em popa, muito diferente do seu casamento, que está à beira do colapso. Ártemis e ele chegam ao fundo do poço e, mesmo a amando loucamente, acredita que não há mais esperanças para eles, até que uma jogada do destino põe as peças de volta no tabuleiro e Magno tem a oportunidade de jogar sob suas próprias regras. Porém, os segredos e os mistérios que rondam sua família estão surgindo rapidamente e podem colocar tudo a perder. Mesmo sob a mira de armadilhas e ameaças constantes, Magno está decidido a sair vencedor.

Lançamento dia 10/06/2017 na Amazon.
A Ilha
Esse livro vai contar o que aconteceu com Ares após seu desaparecimento. Sem data prevista.

Ares Dimitriades teve a paz ceifada de suas mãos ao cair em uma armadilha. A traição o fez mudar e o ressentimento o dominava, havia sido afastado de sua família e da mulher que amava. Além de seus inimigos em Atenas, Ares também tinha que lidar com desafetos na Ilha, nunca se calava perante as injustiças cometidas pelo comandante Jafari Eze. Foi assim com Anna Lassiter, Ares viu o interesse resplandecer nos olhos do comandante sobre a jovem e teve medo por ela, pois Jafari era sanguinário, cruel e violento. Mas não permitiria que ele se aproximasse de Anna, ele nunca a tocaria.
Anna Lassiter, uma jovem jornalista, chegou a ilha como propriedade de Ares Dimitriades, era inacreditavel, o bilionário grego que havia sido dado como morto estava vivo. Apesar de rude e inconveniente ele havia salvo sua vida, porém fazia questão de manter distancia dela, o que deixava o comandante Jafari Eze muito satisfeito. Era visível que ele estava aguardando que cometessem erros provando sua teoria que o relacionamento deles era uma farça... Será mesmo que tudo era falso? Com certeza não, Ares exercia sobre ela um magnetismo irresistível e se perguntava se era errado desejar que a mentira se tornasse verdade, mesmo sabendo que no coração de Ares já havia uma outra mulher.

Ares, muito focado, tinha um único objetivo; voltar a Atenas e satisfazer seu desejo de vingança contra aquele que destruiu sua vida, Dominic, seu pai. Ficou muito surpreso ao descobrir o quão errado estava, os verdadeiros inimigos de sua família estavam por perto o tempo todo e destruíam os Dimitriades um por um. Mais do que nunca ele precisava voltar a Grécia o quanto antes, pois os segredos que conhecia sobre sua família iam além de uma herança, além de Atenas, além dos muros da Fortaleza... Estavam em uma ilha.

(Sinopse não oficial)


O que acharam dessa família? Espero que tenham gostado assim como eu.
Até o próximo post...Beijinhos...