quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Lis Wey - Autora

Recentemente li esses três livros e me encantei com cada um deles, A herdeira do Título eu tive e honra de fazer o prefácio. São livros curtos, que você lê rapidinho, com histórias leves e gostosas de ler, uma pitada de humor que faz a diferença e torna a leitura ainda mais prazerosa.

Eles são romances de época e contam as histórias de três amigas, as três moças são da temporada de 1814, mas a Beatrice é enviada para a Alemanha em 1815 e o livro da Julie e da Christine se passam em 1816.

Christine é a filha de um Marquês que está quase falido e tem que lidar com as dívidas após seu pai ficar doente, Beatrice é obrigada pelo pai a fazer um casamento de conveniência com um homem que ela nunca viu em um país desconhecido e Julie é uma garota que já se considera uma solteirona após ser ignorada pelos rapazes nos bailes que participou, onde o único que se aproximou estava querendo apenas se aproveitar dela.

De forma bastante divertida Lis Wey conduz as historias dessas moças nada convencionais para a época e me conquistou como leitora.


A Herdeira do Titulo

Com uma narração cativante, diálogos divertidos, e autora conta essa história de forma ímpar...Christine é uma garota que vê seu mundo desabar com uma falência eminentemente e seu pai doente, tenta de todos os modos garantir um futuro a eles mesmo que tenha que aceitar um casamento por interesse. Jonas é filho do banqueiro que pagou a dívida do pai de Christine e agora veio para cobrar a dívida. Como uma filha de Marques poderia se envolver com o filho do banqueiro? Mas quem disse que o amor segue regras? Com uma escrita gostosa e divertida a Lis nos conduz a uma história quase mágica com drama e sensualidade. Com personagens bem construídos, com pureza e bom caráter que deixa o nosso coração leve, nos faz suspirar e sonhar...E com um final lindo que nos deixa ansiosos pela a próxima história.

Sinopse:
Em sua primeira temporada, Christine não soube o que dizer perante a Rainha. Expulsa dos salões, voltou para a solidão da Fazenda Chasterbrok, de onde não saiu mais. Seu pai, o Marquês, passa os dias no leito, adoecido depois da morte da esposa e da perda de quase todos os bens da família. Prestes a perder a Fazenda para o banco, Christine acredita que o casamento com um nobre pode ser sua única alternativa.
Jonas Flaubert, filho do dono do banco e apaixonado por Christine, decide ajudá-la. Rico, inteligente e gentil, precisa pensar em uma solução que evite o casamento forçado da moça com o Duque de Augusburg.
Intrigas, brigas e reaproximações compõem a história de amor de Jonas e Christine, que resistem aos próprios desejos e sentimentos até o fim.

Ebook disponível na Amazon AQUI

O Conde de Letzburg

Ludwing, o Conde de Letzburg, depois de uma tragédia onde sua mãe e seu irmão mais velho faleceram, e logo após seu pai tirou a própria vida por não saber como viveria sem sua amada esposa, promete a si mesmo nunca se casar. Porém ele se vê obrigado a se casar para gerar um herdeiro, então após o casamento ele tenta de todas as formas fazer que a esposa parta de Letzburg e vá viver em outro lugar. Mas mesmo assim um sentimento nasce entre eles. Como eles lidarão com esse sentimento? Ela o perdoará por tudo que fez ela passar e por enganá-la?  Ele se entregará a esse amor e tentará conquistar a esposa? 

Amei demais essa história e me diverti demais com o jeito turrão do Conde, que com seu jeito meio torto conseguiu ser um fofo. Com drama, sensualidade e humor na dose certa, para conquistar o leitor.

Sinopse:

Forçada a um casamento com um estranho Conde prussiano, Beatrice parte para um destino incerto nas Colinas de Letz. Lá, conhece Ludwig, que a faz sentir-se viva. Mas ele pode não ser quem ela pensa e a descoberta da verdade os afasta. Ludwig, então, precisa lutar para reconquistá-la e provar que pode ser exatamente o que ela precisa.

Ebook disponível na Amazon AQUI


O Segredo de Lady Julie

Essa história ocorre simultaneamente com a de A Herdeira do Título e Simon é irmão gêmeo  de Jonas, mas os livros podem ser lidos independentes.

Julie era uma garota que não era bonita aos olhos de todos, mas Simon viu nela o que ninguém mais viu, e o que ele viu conquistou o seu coração irremediavelmente. E agora ele terá que lutar uma verdadeira batalha para conquistar essa garota. Julie já estava conformada em ser uma solteirona e viver sua vida livre das convenções da sociedade, mas em um baile ela se vê em uma situação complicada e Simon a salva de ser desonrada, e seu herói se torna quem irá acabar com seus planos, mas ela tenta resistir a ele de todos os modos, pois não acredita nos sentimentos de Simon, o que um conquistador com ele iria querer com uma moça tão sem graça?

Como os outros livros esse também me fez dar boas risadas, e com um final que foi a cereja do bolo. Apaixonada por Simon e sua paciência e persistência em conquistar sua Julie.

Sinopse:
Simon era um conquistador. Olhos negros como turmalinas e um jeito sedutor, conseguia levar muitas moças para os jardins nos bailes. Certo dia, ouviu um pedido de socorro. E, naquele dia, encontrou seu lar.

Ebook disponível na Amazon AQUI

Com uma escrita fluida e diálogos bem elaborados, a autora criou histórias sem muito drama, com humor e um toque de sensualidade,  muito bem elaboradas, sem furos, amarando todas as pontas no final. Personagens muito bem construídos e divertidos. E uma coisa que eu amei foi a narração na terceira pessoa, mas onde ela expressa os pensamentos dos personagens com a escrita em itálico, reforçando o que é contado. Super recomento os três livros.

Espero que tenham gostado das dicas...Beijinhos...