Resenha: A Marquesa - Nahra Mestre


Esse livro me surpreendeu de uma forma muito positiva, comecei a leitura pensando em um livro que teria todos aqueles clichês de histórias de época, mocinhas recatadas e príncipes montados à cavalo, mas não,  encontrei a Sarah uma mocinha bem resolvida, bem a frente de seu tempo.

"Conservar uma postura socialmente aceita era enfadonho, um conjunto de regras ridículas que faziam as pessoas esconderem a própria identidade. Bufou enquanto observava um trio de senhoritas aparentemente felizes com a condição de dama adequada."

Ela não se contenta em ser apenas a "esposa adequada", ela quer mais, muito mais, tanto no âmbito profissional, seu sonho era ser parlamentar, o que na época seria impossível, como no pessoal, ela não quer ser apenas mãe dos filhos do marquês ela quer ser sua companheira e sua amante.  E mesmo sendo assim não deixa de se portar como uma verdadeira dama, com toda sua feminilidade e delicadeza.

"Tinha consciência de que nunca poderia ter uma carreira política, era uma mulher, mas gostava de se imaginar no parlamento. Naquela tarde seus sonhos foram esmagados pela realidade cruel da sociedade inglesa; “devo me casar e me tornar uma égua parideira”. Pelo menos se casaria com um futuro parlamentar, talvez Thomas permitisse que ela o ajudasse em sua carreira."

Thomas queria apenas uma mãe para os seus filhos, uma "esposa adequada", enrolou o quanto pode o casamento, arranjado pelo pai, com Sarah, mas quando permitiu que ela entrasse em sua vida, vê tudo que tinha estabelecido para sua vida ruir, e ele tem que se adaptar uma nova realidade, a de ter uma companheira inteligente ao seu lado, para dividir todos os problemas que aparecerem.

Mas essa história não é só isso, não apenas romance. Thomas esconde um mistério em seu passado, algo que o atormenta e o faz evitar se envolver, trazendo um certo mistério e suspense a essa história, tornando uma história rica que prende o leitor, enquanto ele tenta desvendar o passado de Thomas.

Eu já tinha lido os livros da Nahra com histórias contemporâneas, e sou fã, quando ela me falou dessa Série, fiquei sem saber o que esperar, pois era algo bem diferente do que ela tinha escrito antes, mas agora eu falo, ela encontrou o seu caminho, nasceu para escrever histórias assim, se essa é a primeira imagino as outras que virão a seguir.

Com uma escrita elegante, mas sem muito rebuscamento, tornando fácil entendimento, com um toque requintado de humor, algumas vezes ácido, uma fluidez que faz que você leia rapidamente. Como se trata da Era Vitoriana ela incrementou sua história com algumas informações bem interessantes sobre a época, que o torna ainda mais prazeroso de se ler.

"— Fui instruída a ter pulso firme e impor respeito. Disseram-me que, uma vez que a princípio não me fizesse respeitar, dificilmente conseguiria tal feito em uma segunda oportunidade. 
— Sarah, esse tratamento é para os criados, e não para seu noivo. 
— Ele é um tolo, deu o tom da conversa e eu valsei. Além do mais, tenho dificuldades em entender regras que se aplicam a uns e não a outros; tais preceitos deveriam ser universais. Não sei se percebeu, acabei conseguindo o que desejava."

Encantada por essa mocinha inteligente e decidida, por Thomas, que apesar de demorar um pouco acabou me conquistando também, e também por David e sua Marie. Super ansiosa pelo próximo livro da série,  A Cortesã,  que ela já deixou um gancho maravilhoso que me fez ficar ainda mais curiosa.

A Marquesa

Sinopse: 

Nos palcos da aristocracia inglesa do século XIX, Sarah Granville Anson descobre, ainda muito jovem, que foi prometida para o primo Thomas Hervey, futuro marquês de Bristol.

Enquanto ela se prepara para ser a esposa perfeita, Thomas torna-se cada vez mais contrário a qualquer tipo de sentimento. 

Uma dama apaixonada, que faz de tudo para conquistar o amor do futuro marido, ainda que com artifícios inapropriados para a sociedade conservadora em que vive. 

Um cavalheiro marcado pelo passado, avesso ao amor, mas que se vê envolvido pelos encantos de Sarah a cada dia. Quando Thomas se der conta de que ela é o amor de sua vida, pode ser tarde demais. 

Um romance de época, que retrata uma mulher à frente de seu tempo e que levará o leitor (a) a uma deliciosa viagem pela Era Vitoriana.

Onde comprar: Amazon │Portal Editora

Nosso blog está no Bloglovin', Siga-nos e não perca as postagens.
Follow my blog with Bloglovin