Momento Harlequin - Resenha: A Verdade Sobre Amores e Duques - Laura Lee Guhrke


Esse livro é maravilhoso, a autora nos trás uma mocinha de um romance de época bem diferente do usual, Irene Deverill ela é a frente de seu tempo, e quando se vê acuada pela falta de responsabilidade de seu pai com os bens da família e com a ausência do irmão mais velho, que seria o responsável para manter a família quando seu pai não consegue devido a bebida e a problemas de saúde. Irene arregaça as mangas e vai a luta junto com a irmã mais nova Clara. Ela transforma o Weekly Gazette o jornal da família que antes era um jornal de notícias sérias em um "difusor de escândalos e frenesis" segundo um de seus anunciantes e com isso aumentou as vendas em trezentos por cento garantindo assim o sustento da família. Uma dos colunas principais do jornal é a de Lady Truelove, que recebe cartas dos leitores e dá aconselhamentos amorosos.

"— Não quero bailes e festas. Não tenho interesse nenhum em participar da temporada e não quero sair para caçar marido. Quero publicar jornais."

E por conta desses aconselhamentos ela acaba conhecendo o Duque de Torquil, Henry Cavanaugh, pois ela aconselhou a Duquesa viúva, mãe do duque a fugir com o homem que estava apaixonada e dar uma chance ao amor, sem se importar com as regras impostas pela sociedade. O que desagradou muito ao Duque.

O primeiro combate entre os dois, só falta sair faísca, sim foi um embate e não um encontro, eles não poderiam ser mais diferentes entre si, opostos e isso gera muita tensão entre eles. O Duque quer saber o paradeiro de sua mãe, mas ela não conta:  Henry 0 x Irene 1. E assim segue a história, e a gente  aguardando ansiosa cada encontro para saber quem vai sair ganhando, encontros repletos de farpas e provocações entre eles, que me divertiram imensamente.


Depois que o furação Irene invade sua vida, fazendo que sua mãe que era a única da família que não lhe trazia problemas, fuja com um pintor italiano para se casar, ele não terá mais sossego.

Ela é linda e arredia, a frente do seu tempo, ele é super tradicional, bom moço e só quer uma vida sossegada com uma esposa "adequada", para enfrentar os problemas, que vem junto com o Ducado, aos quais ele tem que resolver.

Na tentativa de impedir sua mãe de protagonizar esse escândalo na sociedade, faz uma chantagem com a Irene, se ela não fizer sua mãe mudar de ideia ele compra (fato já acordado com o pai dela) e fecha o seu jornal.

"A srta. Deverill  também era a mulher mais determinada e independente que já conhecera, qualidades que não eram favoráveis ao seu propósito ali. O que resultaria daquilo tudo, Henry não conseguia nem começar a imaginar, e, não pela primeira vez, perguntou-se por que nunca parecia conquistar aquela vida bem organizada que tanto desejava."

Adoro histórias de época e elas seguem geralmente um padrão, mas a Laura Lee Guhrke conseguiu fazer que essa fosse agradavelmente diferente, com bastante humor e um casal tão fora do comum, mas mesmo assim apaixonante ela entra em várias questões que nos mostram o quanto o papel da mulher na época era difícil, de que ela era apenas um objeto de decoração, progenitora dos herdeiros, e como foi difícil ir contra esses preceitos e  mostrar o nosso verdadeiro valor.

Com uma escrita leve, fluida e divertida a autora me encantou e com certeza irei ler outros livros dela. E essa edição está maravilhosa, em papel avena, fonte no tamanho ideal para leitura e a capa está linda, com o detalhe do verso da capa ser vermelha (foto acima).

* Trechos em negrito e itálico foram retirados do livro.

A Verdade Sobre Amores e Duques

Sinopse: 

Henry Cavanaugh, duque de Torquil, ansiava por uma vida ordenada e previsível. Mas isso era impossível com a família que tinha. Apenas a mãe facilitava a sua vida... até se apaixonar por um artista que estava inferior à classe social de sua família e decidir seguir o conselho amoroso de Lady Truelove de largar tudo e seguir os desejos do coração. Agora Henry vai exigir que a mulher mexeriqueira que lhe deu aquele conselho imprudente o ajude a trazer a mãe de volta antes que um casamento possa colocar o nome da família na lama.

Irene Deverill é o que a sociedade londrina considera uma ovelha negra: dirige o jornal da família, é sufragista, solteirona e têm certas tendências ao marxismo. Mas ninguém sabe que ela tem um grande problema nas mãos: o duque de Torquil exige que ela o ajude a impedir que a mãe se case com um homem de reputação duvidosa. Irene não acha que isso é uma questão em que deva se envolver, mas ela não pode recusar a proposta quando Henry oferece ajuda para conseguir um bom pretendente para a irmã dela. Esse relacionamento forçado fará Irene descobrir que Henry é mais do que um “lírio do campo” e que ele é capaz de despertar nela sentimentos que nunca pensou possuir.

Onde Comprar: Saraiva │Amazon

Bônus 

Um recadinho da autora da Série Minha Querida Conselheira Amorosa, sobre o primeiro livro  A Verdade Sobre Amores e Duques. Divulgado pela editora Harlequin.