(OFF) Papo Sério


Tudo bem, eu sei são flores... Mas não apenas isso, são frágeis, podem murchar, mas se forem regadas com carinho podem renascer e voltar a colorir o mundo..

Essa semana eu conheci uma Violeta e uma Margarida, vocês ainda não conhecem, mas em breve irão conhecer em dois livros que serão lançados em breve... Elas são mulheres frágeis que se tornaram fortes, foram guerreiras e lutaram pela liberdade. Liberdade essa que lhes foi tirada por quem deveria ser companheiro, apoio, amigo...

Sofreram abusos físicos ou psicológicos, mas renasceram. Duas histórias, uma no passado e outra no presente, com vários anos separando as duas, algo que nos faz refletir: Por quanto tempo ainda teremos vítimas de abuso?

Muitas vezes as mulheres que passam por isso são julgadas, por que aguentam isso? Por que simplesmente não vão embora, por que não pedem ajuda, mas não sabemos o que o agressor usa para manter a mulher sobre o seu domínio. Esse agressor é um covarde, que transforma a vítima eu um ser frágil, sem vida para que não tenha chance de enfrentá-lo.

A Violeta teve que se submeter ao abuso físico por anos, para preservar sua irmã e seu enteado. Guardar tudo em silencio, ser violada de todas as formas possíveis, e ainda conviver com a culpa e o asco de si mesma, por permitir que isso aconteça. Mas que saída ela tinha? Ele era o seu marido e no passado isso era quase como ser dono de papel passado. E ainda tinha sua irmã mais nova, que ela tentava salvar a todo custo. Mas em um determinado momento ela deu um basta nisso. E mesmo com as feridas na alma, que estava despedaçada encontrou forças para poder florescer novamente.

Já a Margarida casou-se cedo na tentativa de fugir de um lar opressor, uma tentativa de conquistar a liberdade e acabou presa em uma gaiola com sua auto estima totalmente destruída. Mas mesmo assim conseguiu se libertar e se reconstruir parte por parte, devagar, conquistando a cada dia um pedacinho de sua vida de volta.

Histórias assim são necessárias para provar (mesmo sendo fictícias) que ao seu lado pode ter uma Violeta ou uma Margarida precisando de ajuda, quando uma mulher perde o brilho, perde a vaidade, perde a vontade de viver pode ter um agressor escondido, muito bem escondido, por trás dessas atitudes. E isso tem que ser denunciado. Quando todos se calam, podem estar assinando a sentença de morte dessas mulheres.

Esses livros estão maravilhosos cada um com sua peculiaridade, Violeta com seu coração imenso e a Margarida com sua delicadeza e suavidade vão encantar os leitores e conquistar seus corações.

Os nomes dos personagens foram alterados, assim que puder divulgar sobre os livros eu publicarei em minhas redes sociais, aguardem.