Resenha: O Vestido de Noiva - Rachel Hauck


Esse é o sonho de toda mulher casar e ter o seu próprio vestido, aquele ideal que faz você se sentir confiante e linda.

A história começa com Charlotte que nem parecia uma noiva prestes a se casar em alguns meses. Os convites nem foram enviados, o vestido? Nem se fala ela nem escolheu, engraçado que ela como dona de uma loja de vestidos de noiva chamada Malone & Co deveria ter o seu em pensamento ou em mãos.

Mas ela não era uma noiva convencional, tinha seus receios e medos em relação ao seu noivado. Ela pensava: Quem fica noiva com dois meses de namoro?

Nós sabemos que podemos nos apaixonar em questão de segundos, apenas com um olhar. Por que então para se casar tem que ter um tempo intitulado. Pra ser feliz não tem tempo de validade.

Por conta desse medos e receios ela vai a Red Mountain um lugar silêncio para pensar sobre ela e Tim. O que ela não esperava era chegar lá e encontrar o Red Mountain com tendas e pessoas circulando. Quando ela pensa em ir embora, pois seus planos foram por água abaixo, Cleo chega.

“ — Olá –  cumprimentos uma mulher de figura imponente. –  não está indo embora tão cedo, está? –  perguntou, aproximando-se com uma caixa nas mãos. {...} –  Você ainda nem foi a tenda do leilão. vi quando estacionou, querida. Ora, vamos temos lindas peças este ano… Está procurando por algo específico, Charlotte? Algo para sua loja?...”

Com isso Charlotte decide ficar mais um pouquinho por lá, quando estava indo embora ela meio que foi levada pela multidão até onde ia começar um leilão. O que seria leiloado? Um baú datado de 1912.

“—Esta peça foi resgatada de uma casa poucos minutos antes de sua demolição. Foi feito em 1912 – Ele se inclinou para o grupo –  foi feito para uma noiva.”

E o mais inusitado que o fecho do baú fora soldado, por uma garota de coração partido...quem será que foi e por que? Charlotte ficou curiosa para saber mais sobre a história do baú, então decidiu procurar no catálogo do leilão, só que não encontrou nada sobre o objeto em questão. O que achou muito estranho assim como o tal leiloeiro.

Ela decidi então dá o primeiro lance, só que ela não precisava do baú, decidiu então que doaria a uma igreja. Só que ela não pensou que os lances fossem aumentar durante os minutos e quando foi ver já estava dando o último lance de Mil dólares.

“— Mil dólares –  Charlotte falou e, imediatamente, cobriu os lábios com a mão. {...} –  Vendido –  o leiloeiro declarou, espalmando as mãos uma contra a outra e retirando um papel do bolso –  o baú pertence a senhorita. Charlotte leu o papel impresso. “Redimido. $1.000” 

Redimido? O que será que isso significa? O que a Charlotte não imagina é o que irá encontrar dentro do baú…. E que com ele seria o fim de seu noivado com Tim e a descoberta da sua identidade.

O livro vai oscilando entre o presente (Charlotte) e o passado (Emily, 1912).

Emily é uma jovem determinada e que zela pelos seus valores, mesmo que a sociedade imponha regras que ela não está nem um pouco afim de seguir. Ela tem o amor de Daniel Ludlow.

Só que por obra do destino Daniel é chamado para jogar Beisebol em uma liga e se vai. Com isso Emily passa meses sem saber nada dele, o que ela não imaginava era que ele mandava cartas quase todos os dias só que quando chegava em sua casa ela era extraviada.

Decidida a não sofre por amor ela decide dar o seu coração a Phillip Saltonstall. O que ela não imaginava era a confusão que tinha se envolvido e que Daniel está de volta.

Ela teria que encontrar um vestido para seu casamento já que estava noiva de Phillip, o problema era que ela não estava de acordo com a costumeira que iria confeccionar o vestido. Decidida a ter o vestido dos seus sonhos, ela vai até o bairro negro atrás de Taffy Hayes uma figurinista negra.

Naquela época tinha uma lei muito rigorosa chamado Jim Crow, em poucas palavras “separados, mas iguais” essa era a doutrina usada na época para justificar a segregação racial. Isso não foi um empecilho tão grande para Emily, quem quer algo conquista e foi o que ela fez.

Charlotte já não sabia mais o que fazer com o Baú, já que o fecho estava soldado e o seu noivado desfeito. Com toda coragem que tinha ligou Tim seu ex noivo, para ajudá-la a abrir. O que eles não esperavam era encontrar um vestido de noiva em pleno estado de conservação.

Ficou muito intrigada com o vestido que fora datado de 1912. Como um vestido dessa época se encontrava tão conservado? O princípio de todo mistério seria contado através de um vestido, a primeira pista estava dentro do sachê que estava  junto ao vestido.

Com isso foram juntando as pistas do quebra cabeça até chegarem a uma magoada Hillary.

“{...} Como a lua se atrevia a brilhar, quando meu coração estava mergulhado na escuridão? Eu me descontroles, corri para o meu quarto, arranquei o vestido do cabide, peguei a placa de identificação de Joel e desci para o porão…”

Com mais essa peça do quebra-cabeça revelado, foi como se desencadeasse tudo o que estava por vir.

Durante todo o percurso dos fatos Tim não larga Charlotte, Ela poderia não ser mais sua noiva mas era a sua amiga. Um acidente pode ser o empurrão que ele precisava para saber os seus verdadeiros sentimentos por Charlotte.

“Tudo o que Charlotte sabia sobre a sua vida empalideceu a luz de tantas revelações. Dois dias antes, era apenas Charlotte Malone, uma mulher simples e comum, sem luxos, sozinha, exceto por Dix e o Dr. Gostosão. Agora, Charlotte fazia parte de uma rede: Hillary, Mary Grace e Thomas, Noélia.”

Como um vestido pode ser a chave de tudo? Nele contém quatro histórias cada uma com a sua peculiaridade a única coisa em comum, fé, coragem e o fator principal o vestido de noiva.

“{...} O vestido é visto como um símbolo do evangelho: nunca se resgata, é adequado a todos que o experimentam e não precisa de ajustes. Ele está sempre na moda.

A verdade e o amor de Jesus estão vivos hoje e servem para todos. Quer você esteja lutando por algo que acredita como Emily, abençoado com o poder da religião como Mary Grace, ou magoado como Hillary, e quem sabe perdido e buscando redenção como Charlotte, Jesus é a cura e a solução que todos buscamos. Ele é o caminho, a verdade e a vida. Não para apenas alguns de nós, mas para todos nós. Para você também.

O Vestido de Noiva

Sinopse:
Charlotte é dona de uma loja de vestidos de noiva elegante de Birmingham. Vestir noivas para o grande dia é o seu dom – e sua paixão. Mas, com o dia de seu próprio casamento se aproximando, por que ela não pode encontrar o vestido perfeito para ela – ou sentir-se segura para casar-se com Tim?

Então ela compra um baú velho em um leilão em Red Mountain e descobre que dentro dele há um vestido antigo. Ele parece novo, brilhante, com pérolas e cetim; é costurado à mão e intemporal. Mas de onde ele vem? Quem o usou? Quem havia soldado a fechadura do baú? E quem é o misterioso homem de colete roxo que insiste que o vestido foi "redimido"?

Ao pesquisar a história do vestido ela passa a conhecer as mulheres que o usaram, suas histórias de promessas , dor e destino. E cada uma com algo único para compartilhar. Entrelaçada na história do vestido de noiva de cem anos de idade está a verdade sobre a herança de Charlotte, o poder de coragem e fé, e a beleza de encontrar o amor verdadeiro.

Onde Comprar: Amazon