Indicação: Casei com uma doida - Jack A. F.


Quem não conversa consigo mesmo, responde e ainda briga pela divergência de opiniões, não sabe o que é viver.
Nos finais de semana não tenho muito tempo para ler, então gosto de pegar uns contos para ler, pois a gente lê rapidinho. Então esse final de semana peguei esse indicado pela Bah Pinheiro, eu já tinha visto outros comentários positivos e amei essa capa.

Gente que livro mais delicinha de ler... Uma história leve e divertida que nos faz rir e suspirar, com um príncipe encantado e tudo.

Li em uma hora, não deu nem para o começo do fds, não consegui parar de ler, um romance fofo, de duas pessoas que foram criados em lares totalmente frios, sem afeto e em um casamento arranjado pelos pais deles para a solidificação da empresa onde eram sócios, acaba por colocar no caminho de Sergio e Rebeca uma surpresa, algo que lhes faltou a vida toda. Agora só resta lutar para sobreviverem aos pais que ainda teimam em controlar a vida deles. mesmo depois de casados.
— Tudo bem —Sorrio para ele e ergo minha mão em sinal de que tudo está tranquilo e calmo, como o fogo do inferno.
E para você que está com uma ressaca literária uma super dica, esse livro é o ideal para esses momentos ou para ler depois de um livro tenso que mexe com o emocional da gente. Uma leitura leve, rápida, divertida e bem escrita faz um bem danado.

Começo a entender alguns dos problemas de um casal, assim que chegamos à recepção. Uma mulher, aparentemente da nossa idade, extremamente arrumada e elegante, emanando sensualidade até pela pontas duplas dos cabelos oleosos, está parada encostada no balção.


Casei com uma doida - Jack A. F.

💜Sinopse:
Um homem cercado por ensinamentos machistas por toda a vida, tendo como espelho os ensinamentos do pai, sendo ele um homem rude, preconceituoso e que nem de longe, saberia como tratar uma mulher. Sérgio, que sempre levou uma vida desregrada e sem sentimentos em relação às mulheres, se vê de uma hora para outra em uma corda bamba quando é avisado, isso mesmo, avisado de seu próprio casamento com Rebeca.
Um casamento arranjado pelos pais de ambos com a única finalidade de produzirem herdeiros e tornar ainda mais forte o vínculo com o negócio de ambas as famílias.

"Ela é comportada" eles disseram,
"Uma garota recatada" eles disseram.
"Não vai te dar trabalho" eles disseram, e foi bem isso mesmo, até aquele bendito:
— Sim. Eu aceito.

Onde Encontrar: Amazon

Nenhum comentário