Resenha: A Bordo - Thalissa Betineli


Precisamos falar da Pirata Dália... A pessoa faz mais burrada por metro quadrado que qualquer outro personagem da ficção... Mesmo quando ela faz as coisas com a melhor intenção do mundo, acaba o vento virando e dá tudo errado. Se meter em encrenca é com ela mesmo, se tiver 10 saídas e somente uma com uma treta, pode ter certeza que é exatamente essa que ela vai escolher...

Mas... Tenho que defender a personagem... Pense bem, a garota perde os pais, fica viúva sem nem ter sido casada e por isso já não tem a esperança de achar um pretendente, em pleno século XVII as mulheres não tinham muita opção além do casamento. Ela resolve viver sua vidinha reclusa em uma casinha afastada e de repente é sequestrada por um bando de marujos (e que marujos!!!). De repente ela se vê a bordo de um navio com os piores piratas dos sete mares. É para pirar ou não é? Ela fica apavorada....

  
via GIPHY

E por causa desse sequestro ela sente o gostinho da liberdade, liberdade de ser o que quiser, fazer o que quiser, sem se importar com o que vão pensar ou falar...É claro que ela ia se apegar a isso! Ela não tinha mais nada a perder mesmo... Nem que para conquistar essa liberdade tenha que se transformar em uma Pirata. Aí então ela vai aprender com os melhores o que é ser PIRATA. Aprender a se defender, lutar, se virar sozinha, e o principal: Confiar e obedecer o capitão do navio, sem hesitar (kkkkk...Vai pensando...).

Mas Dália tem a rebeldia e coragem em suas veias o que torna um pouco, ou melhor muito difícil de controlar. Mas isso é também requisito necessário para ser uma pirata de mão cheia. E junto com Vane e Marcos irá aprender a usar sua força e agilidade ao seu favor (não vai ser fácil) e com eles aprender o valor da verdadeira amizade.

via GIPHY

Bartolomew Kidd Sanch (Bartk) Um Capitão linha dura, mas que vai até as últimas consequências pela sua tripulação, mesmo que isso signifique sacrificar-se. E por essa devoção a sua tripulação ele perdeu o amor de sua vida para o mar. Por Madalena ele perdeu seu coração, ficou mais humano, mas após perde-la sua fúria se tornou ainda maior, ele se tornou ainda mais implacável. Todos passaram a teme-lo, menos é claro, a intrépida Pirata Dália...

Ao avistar olhos azuis profundos e frios como o mar, se esconda, porque Bartk Sam chegou, sem piedade, e a cor do mar dentro de dois olhos será a última visão antes de morrer.

Arthur Charles Lowe (Loweace) foi abandonado nas ruas com apenas cinco anos, e encontrado por Bartk, que o criou e o ensinou a ser um pirata, o pior de todos,  ele não quer saber de mais nada a não ser focar no único objetivo de sua vida: Vingança. Ele quer se vingar de quem o deixou para morrer, e mesmo quando Dalila aparece em sua vida, mexendo com o seu coração, ele não se desvia de seu caminho, mesmo que para isso tenha que expulsa-la de sua vida ou arrasta-la junto ao que poderá ser o fim para eles.

Tesouro de Black Sam

via GIPHY

Os tripulantes do Roger Rover estão em busca do Tesouro do Black Sam, e nessa aventura irão se deparar com os piores piratas de todos os tempos e suas tripulações, com a marinha comandada pelo irmão gêmeo de Bartolomew, Bastian Kidd.

Com vários personagens cativantes, mesmo os vilões, faz com que você queira saber mais de cada um deles, e quando você termina o livro se sente órfã, pois eles já fazem parte de sua família ou você faz parte da família deles.

Se prepare para muita emoção e reviravoltas de deixar qualquer leitor de cabelos em pé..

Com batalhas e cenas de ação muito bem narradas, onde a autora te coloca do lado dos personagens vivendo cada momento como se fosse num filme, de tão bem detalhadas e reais. Outra coisa que eu amei nessa história é que os piratas não são romantizados, são malvados, frios exatamente como deve ser. Uma história sobre amor e ódio, sobre confiança, sobre vingança, com um toque de humor, isso junto a uma aventura a bordo de um navio pirata. Então os convido a embarcar nesse navio. Bem vindos A Bordo!

        
via GIPHY

Obs: Esse livro tem cenas bem eróticas, muito bem escritas, e mesmo se você não gostar, eu aconselho a pular essas cenas, pois tem muita história além do erótico e vale muito a pena acompanhar o desenrolar desta trama. Você não vai se arrepender...

O próximo livro da série é Ao Mar e será lançado possivelmente em Abril, eu não vejo a hora de continuar a ler sobre esses piratas que arrebataram meu coração.


A Bordo - Série Roger Rover

LIVRO NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE DEZOITO ANOS.
PRIMEIRO LIVRO DA SÉRIE ROGER ROVER.

A pirataria é mais apaixonante do que se imagina!

Dalila, uma forasteira em Tortuga, no mar caribenho, sozinha após perder seu noivo em um terrível confronto entre a Marinha e os piratas, será levada por engano para o convés do navio pirata Roger Rover.
Diante do vazio e exclusão da sua vida em uma sociedade do século XVII, perceberá que a pirataria poderá oferecer uma vida da qual nunca sonhou, uma liberdade que apenas os homens possuíam e sentirá uma paixão avassaladora.
Comandada pelo capitão Bartholomew Kidd Sanch, descobrirá que o homem frio e extremamente implacável que é, guarda perdas que o deixaram sem um coração e com uma frieza em seus olhos azuis claros que lembrariam o quanto o mar é duro e cruel.
Moldada por ensinamentos da pirataria, Dalila se transformará em Dália, e junto com Primeiro Imediato de Roger Rover, aprenderá que um pirata jamais deve se apaixonar, encontrando em Arthur Charles Lowe um amor inexperiente, avassalador e único.
Dália se descobrirá como pirata, compreenderá como o amor é intenso e que cada pirata possui um coração escondido pela vida no mar.

"O mar cobra seu preço, determinando assim as consequências de cada escolha."

O LIVRO POSSUI CENAS DE VIOLÊNCIA, PALAVRAS DE BAIXO CALÃO E SEXO EXPLÍCITO.

Onde Comprar: Amazon

Um comentário

  1. Livro maravilhoso e sem comentários para a resenha, que coisa mais linda, Gil!!!

    ResponderExcluir